1 2 3 4

Razões fantasmagóricas para se ter medo do Japão

0 comentários

Capa da comic da ~MermaidHunHun
< Se você vir uma dessas na sua casa ou na rua, corra. \(>o<)/ギャーッ!A menos que você tenha absoluta certeza de que alguma amiga sua gosta de morar em poços escuros e úmidos, sotãos ou casas inundadas e adora doces vermelhinhos e redondos além de ficar muito tempo pendurada no celular, e, por pura coincidência, tem cabelo preto, liso e longo caindo na cara, corra por sua vida. Mas corra mesmo. Essa é a primeira dica de hoje para vocês, passageiros, que curtem filmes de terror tanto quanto eu. Para quem já está familiarizado com Ringu, Ju-On, Honogurai Mizu No Soko Kara e Chakushin Ari (respectivamente The Ring, The Grundge, Dark Water e One Missed Call), a postagem de hoje renderá muitas risadas. E para quem ainda infelizmente não viu, também. Falaremos hoje de algumas das garotas mais aterrorizantes de grandes filmes de terror japoneses e você conhecerá um pouquinho de cada uma delas e do porque de saírem matando geral (acredite, não é porque falta do que fazer). Quem aí está ansioso? Vamos lá!


A festinha, tá faltando só a Mimiko e a Natre
Antes de falarmos dessas divas do terror, pensemos um pouco no padrão que há entre elas. Aposto que vocês já repararam que os japoneses adoram meninas extremamente brancas, com cabelo preto e longo escondendo o rosto e vestidas de branco. CLÁSSICO! E a maioria é bem nova. Esse conceito o Japão é chamado de Onryō (怨霊), ou "fantasmas vingativos", pessoas que morreram com muito ódio em vida e voltam para se vingar. Acredito que o lance dos cabelos seja porque, no Japão antigo, não se cortava o cabelos das mulheres ao morrerem e eles continuavam sempre crescendo. Mas vai saber? Por esse motivo, é fácil identificar quando um remake (americano ou de qualquer outro país) foi feito com base em um filme japonês (oriental em geral, mas quem gosta mais desse padrão acima citado são os japoneses). Por serem muito parecidas, em geral são confundidas em fanarts espalhados pela internet. E falando nisso, eu gostaria de indicar uma comic que achei vasculhando o Deviantart desenhado pela ~MermaidHunHun muito HILÁRIA sobre vários encontros entre as assustadoras fantasmas dos filmes de terror que falaremos agora.

Sadako Yamamura (Ringu/The Ring)
"Oi! Quem um copo d'água?"
Talvez a mais conhecida de todas. Quem nunca ouviu falar da menina que te liga para dizer "sete dias" quando você termina de assistir uma estranha fita cassete? Sadako, em japonês, significa criança pura, e a menina possuía poderes sobrenaturais desde criança. Sua mãe a protegia muito, pois ela assustava as pessoas com seus poderes e sua aparência esquisita. Nunca tentativa de assassinato, Sadako é jogada dentro de um poço e lá fica fechada por vários anos. Diferente do que se pensava, Sadako não fica viva durante 7 dias, mas por 30 anos dentro do poço (como foi devidamente esclarecido nas sequências de Ringu). No momento em que ela morre, sua fúria se combina com seus poderes sobrenaturais e suas imagens são gravadas numa fita, que, se assistida, faz com que a pessoa em questão receba uma ligação de Sadako dizendo "sete dias", referindo-se ao tempo que ela ainda tem antes de ser morto pela menina, a menos que repasse a fita para outra pessoa ou dê um jeito de quebrar a maldição.

Kayako Saeki (Ju-On/The Grundge)
Ela só quer te dar um abraço
Antagonista da serie Ju-On ao lado de seu horripilante filho Toshio, Kayako também faz parte do grupo das Onryo. Em vida, Kayako era casada e vivia com seu marido e filho uma vida comum. Mas ela não era feliz. Ela amava seu professor da universidade e escrevia em seu diário declarações de amor para ele. Um dia, ao voltar para casa, pegou o marido lendo seu diário e ele, num acesso de fúria ao saber do amor secreto de Kayako por seu professor, atacou-a e matou-a, quebrando seu pescoço. Enrolou o corpo num plástico e jogou-o no sotão. Não satisfeito, afogou o filho na banheira e até o gato da família ele matou, suicidando-se em seguida. Morrendo com um grande ódio e mágoa pelo marido, Kayako tornou-se um espírito vingativo e passou a assombrar, junto do filho, a casa onde viveu. Kayako é conhecida por aparecer toda torta e quebrada, arrastando-se pelas escadas e pelo chão.

Mitsuko Kawai (Honogurai Mizu No Soko Kara/Dark Water)
Que bonitinha, né? Agora espera ela chegar perto
Essa pequena fantasminha é a antagonista de Dark Water e, como o próprio nome nos ajuda a deduzir, sua aparência ter a ver com água. Ela foi abandonada pelo pais na escola e teve de voltar para casa sozinha. Nisso, não encontra seus pais em lugar algum. Por algum motivo (que não fica claro no filme), Mitsuko vai até a cobertura do prédio onde morava e sobe na caixa d'água. Quando ela se estica para olhar dentro, sua bolsinha vermelha despenca lá dentro e ela, na tentativa de alcançá-la, cai e se afoga. Sua aparência é uma pequena menina com uma capa de chuva amarela, a bolsinha vermelha à tiracolo e longos cabelos negros lhe cobrindo o rosto. Sempre que ela está por perto, começa a sair água de tudo quanto é lugar (pias, chuveiros, banheiras) e durante o filme Ikuko, filha de Yoshimi, a protagonista, já achou um tufo de cabelo de Mitsuko saindo pela torneira da pia.

Mimiko Mizunuma (Chakushin Ari/One Missed Call)
Não olhe pra trás
Tão pequena quanto Mitsuko, mas igualmente cheia de maldade. Mimiko Mizunuma possuía a Síndrome de Münchhausen, doença essa que faz com que seus portadores queiram chamar atenção a todo custo. No caso de Mimiko, ela machucava sua irmã mais nova, Nanako, para poder levá-la ao hospital. Ela lhe dava um doce e dizia que ia ficar tudo bem. Um dia, ao chegar em casa, a mãe de Mimiko a flagra machucando Nanako e toma a filha mais nova nos braços para levá-la ao hospital. Mimiko fica tão nervosa que começa a ter um ataque de asma (ela era portadora da asma faz tempo) e a mãe, achando que se tratava de mais uma forma de chamar atenção, deixa a filha em casa e leva a outra ao hospital. Mimiko acaba morrendo, e com ódio para dar e vender. Morta, Mimiko começa sua vingança discando um número do telefone de sua mãe. Cada vez que ela liga para alguém, deixa uma mensagem na caixa postal com o dia e o modo como a pessoa vai morrer. A maldição passa para alguém da lista de contatos da última vítima. A pessoa que está marcada para ouvir sempre escuta o som da bombinha da asma de Mimiko e, ao morrer, um doce, como o que Mimiko dava à Nanako, é encontrado dentro da sua boca.

[BÔNUS!] Natre (Shutter)
A mais linda de todas
Natre sempre foi meio esquisitona. Na faculdade sempre foi tímida e todos a consideravam estranha. Tun, um dos protagonistas do filme, se envolve com ela na época de faculdade e os dois namoram. Tum tem vergonha de falar sobre seu relacionamento com Natre para os seus amigos, então mesmo quando eles abusam sexualmente dela apenas por diversão na sua frente, ele não diz nada. Daí vem o ódio de Natre. Ela era muito apaixonada por Tun e o fato de ele permitido que seus amigos fizessem aquilo, somado à vergonha que ele tinha de falar sobre ela, levou Natre a nutrir um profundo ódio. No presente em que acontece o filme, já se passaram vários anos desde que Natre se suicidou (creio que por causa desse episódio da faculdade), mas seu espírito ainda assombra Tun. Ela pode ser vista através de fotografias (aquela velha história de que filmes captam a aparição de almas) e ela é a mais feia e assustadora dentre todas as fantasmas já citadas.

( Observação: A Natre está de bônus aqui nesta postagem, e sabe porquê? Apesar de ela sempre ser citada ao lado de Sadako, Kayako, Mimiko e Mitsuko como uma das mais assustadoras fantasmas orientais, ao contrário de todas essas que acabei de citar, ela não é japonesa, é TAILANDESA. O filme Shutter é tailandês e, portanto, não caberia nesta postagem nem neste blog, pois tratamos aqui apenas da cultura nipônico. Mas é impossível deixá-la de fora, por isso coloqueia-a como um bônus. )

Como eu disse no início da postagem, eu encontrei uma comic muito boa sobre o assunto (a capa é primeira imagem da postagem) vasculhando o deviantart. Ela contém todos as personagens citadas nesse post (incluindo a Natre e o Toshio, filho da Kayako) em situações cotidianas e engraçadas, como festas ou seleções de parceiras de quarto. A desenhista é a ~MermaidHunHun e eu super indico. A minha favorita é a The After Party, que mostra todas as fantasmas depois de uma festa de arromba, mas também gostei muito da New Roomate. O(≧∇≦)O Se você quiser ler, basta acessar esse link da galeria da autora e ver todas as páginas de cada um (tem o título e o número da página em cada foto).

Minna, espero que tenham curtido a postagem. Se vocês tiverem sugestões de outras garotas assustadoras de filmes de terror JAPONESES, mande-me nos comentários! Apesar de ter assistido muitos, ainda não sou expert no assunto e ainda estou longe disso. E se gostou da postagem, compartilhe com os amigos! Até semana que vem!

Kissu (⌒∇⌒)ノ""マタネー!!

0 comentários:

Postar um comentário