1 2 3 4

Após o Anoitecer, Haruki Murakami

0 comentários

Mari Asai é uma garota solitária que abandona a casa dos pais para enfrentar a noite nas ruas de Tóquio. Sua irmã, Eri, modelo de revistas femininas e jovem de sucesso, vive uma situação diferente: dois meses antes, deitou-se para dormir e nunca mais acordou. Enquanto jaz imóvel em sua cama, estranhos eventos acontecem...

SEJAM BEM-VINDOS NOVAMENTE AO EXPRESSO JAPÃO ( ^-^)ノ(* ^-^)ノこんばんわぁ♪ É com grande prazer que anuncio que, depois de uma breve pausa em nossas atividades, estamos de volta com força total. Vocês perceberão, com o tempo, que acontecerão algumas mudanças daqui pra frente. As mudanças foram pensadas e executadas pensando em vocês, leitores, em como podíamos interagir mais com vocês e nosso conteúdo pudesse ser passado de maneira sempre proveitosa e divertida. Estou estreando a coluna (aliás, uma das grandes mudanças aqui do Expresso) Dango Café, que trará para vocês matérias sobre filmes e livros japoneses que merecem um destaque especial. Não vou me prolongar em avisos, afinal, vocês perceberão as novidades com o tempo, então vamos ao que interessa?

Após o Anoitecer (do original After Dark) é um romance de Haruki Murakami que narra a jornada de Mari Asai, uma garota solitária e reservada, durante uma noite (isso mesmo, todo o livro se passa numa única noite!). A princípio, seus planos incluíam virar a noite no Denny's enquanto lia um livro com o qual parecia muito entretida. É quando ela recebe a visita inesperada de um rapaz com quem já se encontrara antes, há muito tempo, mas de quem não lembrava porque não lhe era importante. Ele entrou e começou a conversar com Mari. Tempos depois de sua partida, uma garota robusta entra no Denny's e pede a Mari que a ajude com uma prostituta chinesa em um motel ali perto. O que ela não sabe é que sua noite estava muito longe de terminar de ela ainda passaria por muita coisa. E tudo numa noite só!


Haruki Murakami nasceu em Kyoto e é um escritor e tradutor muito popular. Apesar de ter uma forte influência ocidental, retrata o Japão muito bem em suas obras. Dedicou-se aos estudos teatrais (deve ser por isso que eu sempre achei ele bastante dramático!) e até teve um bar de Jazz, época em que chegou a dizer "Tudo que preciso saber na vida aprendi no meu bar de jazz". Seu primeiro romance foi Hear the Wind Swing, mas não existe tradução para o português. Já traduziu para o japonês autores como F. Scott Fitzgerald, John Irving, Tim O´Brien, Truman Capote e Paul Theroux, o que nos mostra mais uma vez que ele tinha muito contato com outras culturas.

Minhas primeiras impressões do livro foram ótimas. Eu não conseguia parar de ler! Terminei em dois dias. O mais bacana é que você se sente o próprio narrador: você e Murakami. Ele narra de um jeito como se estivéssemos com uma câmera de vídeo e filmássemos o que as pessoas fazem, mas sempre em segredo, em silêncio, sem interferir. É como se fosse um filme em forma de palavras. Ele direciona o seu foco pela cena, e por vezes te faz sobrevoar a cidade. É muito legal! A narrativa alterna entre os núcleos da história e a cena nunca fica muito tempo parada, talvez seja por isso que não dá pra enjoar nem que você queira e a história não fica cansativa. O livro também se torna pouco previsível: você sempre fica esperando uma coisa e ou ela não acontece ou é outra coisa. É uma característica interessante para um livro, já que de clichê o mercado está cheio. Eu poderia dizer que é uma aventura, mesmo que não envolva robôs gigantes em lutas vorazes e godzilas destruindo a cidade, porque se aproxima da realidade de muitos jovens não só do Japão, mas do mundo todo. Muitos passam noites fora com os amigos e só voltam para casa no dia seguinte, quando tudo está claro. Mas o livro não fica só na realidade não! Spoilers à parte, tem mistério no ar. E mistério sobrenatural sim, daqueles que te fazem pensar que poderiam acontecer com você sem que se dê conta. É uma sensação engraçada!

Super recomendo Após o Anoitecer. Se tiverem um tempinho e condições de adquirir o livro, seja emprestado, comprado ou baixado na internet, leia. Garanto que vai valer à pena! E se não valer, bem, eu não posso fazer nada /má Espero que tenham curtido a postagem de estréia do Expresso Japão e fiquem no aguardo, vem muito mais surpresas por aí.

Kissu (^ _ ^)/~~サヨナラ!

0 comentários:

Postar um comentário